Biografia
Luiz de Moura Castro

Luiz de Moura Castro completou os seus estudos musicais na Escola Nacional de Música da Universidade Federal do Rio de Janeiro (summa cum laude), na Academia de Música Lorenzo Fernandez, Rio de Janeiro e na Liszt Academy em Budapest.

Moura Castro, natural do Rio de Janeiro, deu o seu primeiro recital nesta cidade aos 9 anos, no Teatro Municipal. Apresentou-se com a Orchestre de Chambre de Lausanne, a Orquestra da Rádio de Lisboa, os Filarmonichi di Turino, as orquestras de Bratislav & Janacek, a Yaroslav Symphony (Russia), as orquestras sinfónicas de Dallas, Fort Worth, Hartford e Syracuse, a Parabobo Orquestrada Venezuela e todas as grandes orquestras brasileiras.

Deu recitais no Piccolo Scala – Milano, no teatro Ghione – Roma, na Salle Gaveau – Paris, no Palau de la Musica – Barcelona, no Rubinstein Hall – St. Petersburg Academy, no Merkin Hall do Metropolitan Museum – Nova Iorque. Tendo sido convidado por Lili Kraus para lecionar na Texas Christian University, Fort Worth, em 1998, é também professor convidado na Catholic University, Washington, D.C. e nos Pro Arte Seminários de Música, Rio de Janeiro.

Gravou mais de 20 CDs para Ensayo (Espanha), Euterpe (Suica), L’Art (Brasil) e Musical Heritage (USA).

Altamente apreciado como pedagogo, o Professor de Moura Castro faz parte do Who’s Who mundial de músicos e foi incluído na lista americana “The most wanted Piano Teachers in the U.S.A.” Organiza o Festival de Liszt no Rio de Janeiro e pertence à American Liszt Society.

Durante o último ano leccionou e deu recitais no Japão, na Rússia, Itália, Répública Checa, Bélgica, Portugal, Estados Unidos e no Brasil. Apresentou-se com as orquestras sinfônicas de Hartford e de Carácas. Gravou mais 4 discos e participou em vários festivais.

Entre as suas últimas gravacoes contam-se as Variações sobre um tema de Paganini e os concertos n° 2 e n° 3 de Rachmaninov, a Rhapsody in Blue de Gershwin, o Momo Precoce de Villa-Lobos e os concertos para piano n° 1 & 2 de Liszt.